O BRILHO DOS PAPANGUS NA FEFOL

O grupo folclórico Papanguarte de Bezerros fez a sua 6ª participação no Festival Nacional de Folclore (FEFOL) em Olímpia/SP, que chega a 56ª edição, com encerramento neste domingo (12). A participação do grupo sob a liderança do Carlos Marques enaltece a cultura dos papangus e o carnaval de Bezerros chamando a atenção da mídia e dos participantes do grande encontro cultural nacional. “É o passaporte para qualquer evento internacional”, comentou em entrevista a Rede Globo. O grupo foi criado no governo do ex-prefeito Lucas Cardoso objetivando a divulgação da cultura local e já viajou por diversos encontros culturais pelo país a fora.

Share

Papanguarte Balé Popular de Bezerros embarca rumo a Olímpia

Pela sexta vez o Papanguarte Balé Popular de Bezerros, participará do Festival do Folclore da Estância Turística de Olímpia (FEFOL), na 54ª edição do maior evento folclórico do Brasil, nesta cidade paulistana, que reúne mais de 40 grupos folclóricos de várias cidades brasileiras. O evento é consagrado em todo país e reuniu um público recorde, mais de 30 mil pessoas na abertura do evento, no Recinto de Exposições e Praça de Atividades Folclóricas e Turísticas Professor José Sant’ana, no dia 04 de agosto, onde também acontecerá o encerramento em 12 de agosto.

O grupo de danças folclóricas bezerrenses embarcou nesta terça-feira, dia 07, no aeroporto Internacional Gilberto Freire/Guararapes, até a cidade Guarulhos-SP, de onde seguiu em ônibus especial até a cidade de Olímpia. Este ano o grupo será acompanhado por 04 músicos da Orquestra F5 e apresentará um remaker do espetáculo Folia do Papangu, com 22 bailarinos, no palco principal, nos ritmos de frevo e caboclinhos. Outras apresentações acontecerão em cortejos e peregrinações pelas ruas de Olímpia e em órgãos públicos, onde nas vezes anteriores o sucesso foi tão grande que alguns jovens olimpienses fundaram um fã clube Papanguarte. Serão 04 apresentações de palco, nos dias 09, 10, 11 e 12, quando acontecerá o grande desfile de encerramento.

Share

Museu Maria Dulce Gomes da Silva. Uma viagem na nossa história

Localizado na Estação da Cultura, na cidade de Bezerros-PE, o Museu Maria Dulce Gomes da Silva, é uma atração imperdível para os visitantes e os próprios moradores da cidade, onde se encontram expostas mais de mil peças, que retratam parte da nossa história. Logo na entrada do museu um sax do músico bezerrense, Aurino Derinalvo, o Aurino do Sax. Ao lado uma homenagem ao rei do baião, Luiz Gonzaga, com fotos, sanfona, LP vinil, vitrolinha, biografia e uma talha do artesão Venceslau.  Também  na entrada, cadeiras que fizeram parte do Cine Alvorada na década de 60 e fotos de alguns prefeitos bezerrenses; seguindo a viagem pelo recinto, podemos ver escrivaninhas, cristaleiras, pratarias, mobiliários e vestuários de membros da sociedade local, em mais de 100 anos de história.

Fundado em 21 de junho de 1992, o museu inicialmente recebeu o nome de Museu da Cidade, mas em 2006, por inciativa do artista plástico Robeval Lima, passou a se chamar Maria Dulce, uma professora bezerrense que foi homenageada ainda em vida; já recebeu mais de 100 mil visitantes, em seus 26 anos, de acordo com livros de visitas que apresentam nomes de grandes bezerrenses, como Lucas Cardoso, prefeito e fundador do espaço e Glória Cardoso, primeira dama a época.  Livros de Ronaldo Souto Maior, historiador, e parte da biblioteca da professora Maia Dulce também fazem parte do ambiente. Máquina de fazer rolete de cana, moinho de milho, birro de fazer renda e corrimboques são peças bem interessantes, pois há muito estão desaparecidas;  num dos espaços mais visitados estão a batina e o chapéu do Monsenhor José Florentino de Oliveira, pároco por muitos anos da Matriz de São José dos Bezerros.

Outros espaços que chamam atenção são os da Rede Ferroviária Federal (REFFESA), com telegrafo, telefone de manivela, urna, farol, bilheteria e carimbador ou o local onde ficam as primeiras tvs, radiolas e rádios do povo bezerrense, inclusive a primeira TV, doada ao museu pela família Neri, tradicional na década de 60.  Utensílios como ferros de passar a brasa, selas para montar, placa da Ponte do Comércio, peças rurais, máquinas de cortar cabelos e até palmatórias, objetos utilizados para punição de alunos desobedientes. Uma máquina de datilografia da escola do professor Antônio Sabino, uma bolsa do advogado Lucas Soares Cardoso, um missário escrito em latim, do Monsenhor Florentino e muitas outras peças relíquias que foram doadas pela população engradecem o Museu Maria Dulce Gomes da Silva.

Share

Vem aí o mais completo documentário sobre Bezerros

Revista Movimentto Documenta, a revista que valoriza Pernambuco, está em Bezerros para registrar e documentar o que há de melhor em nossa cidade.

Há oito anos no mercado editorial do estado de Pernambuco e com mais de 90 edições publicadas, a revista passeia da capital pernambucana, pela Zona da Mata, Agreste e Sertão descobrindo encantos, curiosidades e personalidades que fazem a diferença no estado.

Na edição de número 97 a equipe da revista coordenada por Arijaldo Carvalho, em parceria com a Agência de Comunicação Novas Ideias (NI) de Bezerros, aporta na cidade dos papangus para documentar todo seu potencial turístico, cultural, econômico, agrícola, educacional, tecnológico, religioso e nas áreas da saúde e esportes.

A revista espera levar aos leitores bezerrenses um registro emocionante com uma Bezerros do passado, presente e futuro um reencontro nunca visto antes na história da população bezerrense.

Aguarde, o lançamento será ainda neste mês de agosto de 2018 em grande cerimônia com a presença de autoridades locais, personalidades e a sociedade bezerrense. Um forte abraço!

Share

Bezerros tem forte presença na FENEARTE 2018

A 19ª edição da maior feira de artesanato da América Latina, a Fenearte, está reunindo o melhor do gênero, no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda-PE. As mais surpreendentes criações artesanais do Brasil e do mundo podem ser encontradas no evento. Bezerros, mais uma vez, está marcando forte presença com artes da terra, como quadros, cordéis, xilogravuras, máscaras e produtos temáticos de papangus, esculturas no palito e os tradicionais bolos, bolachas e doces.

Logo na chegada, o destaque fica na Alameda dos Mestres, onde estão os maiores ícones do Estado. Lá se encontram J. Borges, cordelista e xilogravurista, e Lula Vassoureiro, artesão de máscaras de papangu. Ambos foram eleitos Patrimônio Vivo de Pernambuco, motivo de grande orgulho para Bezerros. Em seguida, vem o stand da Associação dos Artesãos de Bezerros, que todos os anos reúne os mais variados produtos. Outros bezerrenses estão espalhados pelos corredores da feira, como os xilogravuristas Severino e Givanildo Borges.

As famosas guloseimas de Bezerros são um dos maiores sucessos da Fenearte e a procura pelas delícias da Capital dos Bolos e Doces de Pernambuco é enorme. A artesã Josy Santos também é figura carimbada no evento, com suas máscaras modernas e outros adereços de papangu, além da artista plástica D’as Neves, com belos quadros que retratam a cultura local. A incrível arte no palito de fósforo fica por conta do talentoso Albino Júnior, com o diferencial da riqueza em detalhes que impressiona a muitos.

Até o domingo, 15 de julho, o público pode conferir todos esses destaques na Fenearte, além de muitas atrações, como desfiles de moda, galeria de reciclados, shows culturais, espaço infantil, rodadas de negócios, entre outras.

Share

Confirmada presença do Papanguarte no FEFOL de Olímpia

Após dois anos sem se apresentar no Festival Nacional de Folclore (FEFOL), na cidade Olímpia-SP, o Papanguarte Balé Popular de Bezerros tem confirmada a sua volta ao palco e as ruas da estância turística onde se realiza o mais importante festival de folclore do Brasil. Esta será a VI   vez que o grupo bezerrense estará no evento, sendo uma das principais atrações, com grandes performances tanto nas apresentações de palco como nos cortejos e peregrinações que acontecem durante o FEFOL, pelas ruas da cidade paulistana. O grupo se apresenta ainda em repartições públicas, oficinas e seminários, além de ser um dos grupos mais solicitados pela imprensa de Olímpia e das cidades vizinhas que dão cobertura jornalística ao festival.

Em agosto de 2018, será o 54º Festival Nacional de Folclore, e os bailarinos e músicos bezerrenses, se apresentarão no Recinto de Exposições e Praça de Atividades Folclóricas Turísticas Professor José Santana, considerada como templo do folclore nacional, na cidade que é oficialmente reconhecida como Capital Nacional de Folclore, através de Lei federal nº 13.566/2017. O Papanguarte apresentará um remaker do espetáculo Folia do Papangu,  com 22 bailarinos e 04 músicos da Orquestra F5  que fará os arranjos musicais; o grupo é esperado na cidade  como um dos mais laureados grupos folclóricos do BrasConfirmada presença do Papanguarte no FEFOL de Olímpiail e em suas participações anteriores foi sempre aclamado por milhares de olimpienses, tendo até um fã clube na cidade, comandado pelo fotografo Gustavo Capellari e a professora Grazielle Silva.

Share

FESTA JUNINA DO BAIRRO DO CRUZEIRO SERÁ NO SÁBADO

No próximo sábado (07) acontece no bairro do cruzeiro o Arraiá de Dona das Dores, uma rezadeira bastante conhecida na cidade. A iniciativa partiu a cinco anos atrás quando o presidente da associação do bairro, Branco do Cruzeiro decidiu unir as famílias da comunidade para uma confraternização no período junino, sendo assim o evento foi crescendo e no próximo sábado (07) na praça Imaculada Conceição a partir das 20h tem apresentação da quadrilha do CCI e logo após o show do cantor Henrique Barbosa. (PH Bezerros).

Share

COMEÇA HOJE A FENEARTE E BEZERROS MAIS UMA VEZ MARCA FORTE PRESENÇA

Considerada a maior feira de artesanato da América Latina, a 19ª edição da Fenearte será realizada de hoje, quarta-feira (04) a 15 de julho de 2018 no Centro de Convenções de Pernambuco. Durante os 12 dias, as mais surpreendentes criações artesanais do Brasil e do mundo podem ser encontradas no evento.
A Fenearte, juntamente com o Centro de Artesanato de Pernambuco, entre outras iniciativas do Governo do Estado, tem como objetivo valorizar e difundir os saberes tradicionais, estimular o potencial de crescimento dos artesãos e artesãs, funcionando como importante elemento estruturador da Cadeia Produtiva do artesanato local.

O município de Bezerros,agreste do estado, famoso pelo seu Carnaval e São João da Serra Negra, se fará bem representado em mais uma edição da feira. Na Sala dos Mestres os nomes de J. Borges e Lula Vassoureiro dão boas vindas aos consumidores da cultura do país e do mundo. A Associação dos Artesãos mantém estandes no centro de Convenções. Na Fennearte, Bezerros é um dos municípios onde é intensa a procura pelos seus produtos artesanais e iguarias (doces e bolos). Uma época onde os artesãos costumam faturar e através da venda de seus estoques produzidos exclusivamente para a ocasião.

Share

Fim de semana teve forró e quadrilha na Serra Negra

O final de semana foi um dos mais esperados na Serra Negra. Muita gente aproveitou o dia do santo junino para curtir o frio e as atrações do palco principal e polo cultural.

No sábado quem subiu ao palco foi o cantor Almir Rouche que fez um passeio pelo forró raiz. Também teve a participação da cantora Patrícia Alves e outros artistas de Bezerros. Já no domingo o público curtiu o som de Rafael Moura gravando seu DVD em plena Serra Negra e em seguida o cantor Benil, já conhecido dos bezerrenses e carregado de romantismo nas suas canções de xote e forró.
No polo cultural houve apresentação do Batalhão de Bacamarteiros e de quadrilhas, a exemplo do grupo Gravatart que faz bonito no final da tarde.
Próximo sábado e domingo será o último final de semana de festejos na Serra Negra. Veja a programação

30/06 – Sábado
12h – Luizinho Moreno
14h – Henrique Barbosa
16h – Dudu do Acordeon
18h – Lady Falcão
20h – Banda Aquarius

01/07 – Domingo
12h – Pau no Xote
14h – Rei do Cangaço
16h – Capim com Mel
18h – Amazan
20h – A Doce Batida do Forró

Share

DEL FELIZ, UMA DAS ESTRELAS DO SÃO JOÃO DE SERRA NEGRA, É DESTAQUE NO G1

IMAGENS SÃO JOÃO DE SERRA NEGRA É DESTAQUE EM CLIPE DE MÚSICA EXCLUSIVA SOBRE O SÃO JOÃO DO BRASIL QUE REÚNE VÁRIOS FORROZEIROS.

“Cantores se mobilizam para transformar o forró em patrimônio imaterial do Brasil”

Uma mobilização que une cantores brasileiros busca transformar o forró em patrimônio imaterial do Brasil. O movimento, que surgiu na Paraíba em 2015, tem representantes em 14 estados do país. Em visita ao Recife, um dos artistas engajados nesse objetivo, o cantor baiano Del Feliz, falou sobre a importância do ritmo para a cultura brasileira. (Veja vídeo acima)

Criado pela professora paraibana Joana Alves, por meio do Fórum Forró Pé de Raiz, o movimento tem a intenção de conseguir, além do título de patrimônio imaterial, políticas de proteção para o chamado “forró de raiz” e, assim, incentivar a produção dos pequenos representantes do ritmo.

Segundo Del Feliz, existe uma descaracterização tanto das festas de São João quanto do ritmo em si. “O título não tem significado sem a salvaguarda. Quando o registro for confirmado, passamos a ter políticas a favor dos pequenos representantes, os trios de forró, os cantadores, que são excluídos dos eventos por conta da pressão mercadológica e têm a maior dificuldade para sobreviver dessa arte”, disse. Continue lendo aqui.

Share

Encerradas as gravações do Programa Brasil Joiado

Após três dias, a equipe de produção da Gavulino Filmes, de Fortaleza-CE, encerrou nesta segunda feira, dia 28, as gravações do programa Brasil Joiado, que irá ao ar, a partir de 2019, pela emissora Cine Brasil TV, do Rio de Janeiro-RJ. O irreverente cantor cearense, Falcão será o apresentador do programa, que mostrará principalmente a cultura popular das cidades brasileiras. A cidade de Bezerros chamou a atenção da produção por ser a terra de Jota Borges, artista internacional, mas também pela grande diversidade cultural e do carnaval dos papangus.

No encerramento das gravações, Falcão caiu no ritmo dos Papangus de Bezerros, que foram interpretados pelo Folc Popular e as Poderosas, na Estação da Cultura. Os trabalhos da produção começaram no sábado, dia 26, no Ateliê Jota Borges, depois na Estação da Cultura, onde foi realizado um show com a participação do cantor bezerrense Walter Lins e populares foram coadjuvantes do extrovertido artista cearense, e além de Jota Borges e Walter Lins, participaram das gravações, a Orquestra 91, Folc Popular e as Poderosas. O Programa Brasil Joiado recebe incentivo da Agência Nacional de Cinema (ANCINE) e deverá estrear no início do ano de 2019.

Share

MinC inicia capacitação para inscrições ao Prêmio Culturas Populares em Bezerros e Caruaru, em PE

Municípios do Nordeste e do Norte foram os primeiros a receber as oficinas de orientação gratuitas sobre inscrição. Serão premiadas 500 iniciativas com R$ 10 milhões
O Agreste pernambucano recebe, na próxima semana, oficinas gratuitas do Ministério da Cultura (MinC) para auxiliar os interessados em participar da 6ª edição do Edital Culturas Populares. Em Bezerros, a oficina será realizada na quinta-feira (24), às 14h, no Centro de Artesanato de Pernambuco (Av. Major Aprígio da Fonseca, 1100, São Sebastião) e, em Caruaru, a oficina será na sexta-feira (25), às 9h, no Teatro Garagem Mamusebá (R. Frei Caneca, 06 – Maurício de Nassau).
Não será necessária inscrição prévia. Representantes do MinC estarão à disposição do público para tirar dúvidas, apresentar o edital e orientar como devem ser feitas as inscrições. As oficinas serão ministradas nas cinco regiões do País.
O 6º Prêmio Culturas Populares: Edição Selma do Coco é a maior premiação da cultura popular em termos de valores e número de premiados concedida pelo Ministério da Cultura (MinC) desde 2007. Serão investidos R$ 10 milhões em 500 iniciativas que fortaleçam e contribuam para dar visibilidade a atividades culturais de todo o Brasil, como o cordel, quadrinha, maracatu, jongo, cortejo de afoxé, bumba-meu-boi, boi de mamão, entre outras.
Na edição 2018 do Edital, cada um dos premiados receberá R$ 20 mil, o dobro de 2017. As inscrições podem ser feitas até 13 de junho, pela internet, na página culturaspopulares.cultura.gov.br/, pelo sistema Salic, ou via postal.
O edital premiará iniciativas em cinco categorias: 200 prêmios para mestres e mestras (pessoa física); 180 para iniciativas de Grupos sem CNPJ; 70 para pessoas jurídicas sem fins lucrativos; 30 para pessoas jurídicas com ações comprovadas em acessibilidade cultural; e 20 para herdeiros de mestres e mestras já falecidos (in memoriam).
Lançado no último dia 27, em Recife (PE), a 6ª edição do Prêmio Culturas Populares homenageia a cantora pernambucana Selma Ferreira da Silva, a Selma do Coco, falecida em 2015.
Sobre o Prêmio
Nas cinco últimas edições, o Prêmio Culturas Populares contou com 9 mil inscrições e distribuiu R$ 18,7 milhões em prêmios a 1.545 mestres, grupos e entidades sem fins lucrativos, em todas as regiões do País. A premiação estava suspensa desde 2012 e foi retomada no ano passado, quando obteve número recorde de inscritos (2.862), com 500 premiados.
Na edição de 2017, foram 258 agraciados do Nordeste, 151 do Sudeste, 42 do Norte, 21 do Centro-Oeste e 28 do Sul do Brasil. Para garantir que a distribuição dos recursos seja feita de forma democrática, em 2018 serão 100 prêmios para cada região. Se uma das regiões não atingir o total de vagas existentes, as vagas restantes serão redistribuídas entre as demais regiões.

Serviço:

Oficina em Bezerros/PE
Data: 24/5
Local: Centro de Artesanato de Pernambuco
Endereço: Av. Major Aprígio da Fonseca, 1100, São Sebastião Horário: 14h
Oficina em Caruaru/ PE
Data: 25/5
Local: Teatro Garagem Mamusebá
Endereço: R. Frei Caneca, 06 – Maurício de Nassau
Horário: 9h
Share

Evento no dia mundial do combate a homofobia tem a participação de Ciel Santos

Bezerrense tem se destacado com a sua arte na capital.
O Dia Internacional Contra a Homofobia é celebrado nesta quinta-feira (17). Para lembrar a importância da data, um evento aberto ao público acontecerá das 20h às 23h. O encontro será realizado no Clube Metrópole, localizado no bairro da Boa Vista, Centro do Recife.
A programação contemplará uma mostra de curtas-metragem, cuja temática principal será a igualdade de gênero. No evento, o estilista e designer Perron Ramos também mostrará as peças de sua coleção Xilogravura. Na passarela, integrantes do coletivo Transviver, responsável pelo acompanhamento e apoio psicológico, profissional e humano para pessoas trans, lutando pelo respeito e sua inserção na sociedade. O desfile ainda terá participação especial do cantor e performer Ciel Santos, que trabalha temáticas relacionadas à diversidade do ser humano. A noite, que terá entrada gratuita, a drag queen Hanna performa com o recital “A opressão matou mais um”, texto assinado por Ketwlly Lima.

SERVIÇODia Internacional Contra a Homofobia

Quando: Quinta-feira (17 de maio), das 20h às 23h
Onde: Club Metrópole (Rua das Ninfas, Boa Vista)
Entrada: Gratuita
Atrações: Cineclube, VJs Funplex, Desfile da marca “MANIFESTA!” (por Perron Ramos), Ciel Santos (Intervenção artística), Recital “A opressão matou mais um” (com a drag Hanna).
Diário de Pernambuco
Share

Papanguarte encanta festival com os papangus

O  balé Papanguarte participou no último final de semana do 8 festival de cultura de Passa e Fica/RN, cidade do agreste potiguar. O grupo levou o espetáculo “Folia do Papangu” que durante sua apresentação fez o público cantar e se emocionar com a alegria e o colorido dos mascarados. No final, o grupo recebeu das mãos da coordenadora de cultura, Theone Vicente, o troféu e certificado de participação. Na ocasião, Carlos Marques presenteou a coordenadora com uma máscara de papangu dos artesãos Josy de Cláudio.

Share

MINISTRO DA CULTURA ELOGIA APRESENTAÇÃO DO PAPANGUARTE EM EVENTO NA CAPITAL

O Papanguarte fez uma bela participação no lançamento do edital de culturas populares 2018 em homenagem a Selma do Coco, que ocorreu na última sexta-feira (27) no Centro Cultural Cais do Sertão, no Recife Antigo. O evento contou com a presença do Ministro Sérgio Sá Leitão, da Secretária de Cultura do Recife Leda Alves, do presidente da Fundação de Cultura do Recife, Diego Rocha; produtores, mestres e agremiações carnavalescas, entre outros. O Papanguarte apresentou uma suíte do espetáculo Folia do Papangu que encantou o grande público presente. Na fala do Ministro Sérgio Sá Leitão ele ressaltou a importância do prêmio e rasgou altos elogios ao show apresentado pelo grupo e um dos contemplados no edital de 2017.

Veja mais no JC Online

Share

REGULAMENTO DE CONCESSÃO DE BARRACAS DO 15º BEZERROS MOTO FESTIVAL

A comissão organizadora do 15º Bezerros Moto Festival coloca a disposição o regulamento da área destinada a comercialização de comidas e bebidas durante os dias 10,11 e 12 de agosto:
O evento que é um dos mais tradicionais no estado de Pernambuco também tem grande importância em setores da economia como turismo, hotelaria e gastronomia.

Veja o regulamento aqui:
REGULAMENTO DE CONCESSÃO DE BARRACAS DO 15º BEZERROS MOTO FESTIVAL – 2018

Share